Abrafati 2015 - Netzsch Moagem comemora 10 anos e inaugura nova planta em Pomerode

abrafati new a-01-02

 

13 a 15 de outubro de 2015
Transamerica Expo Center | São Paulo | SP
Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387, Santo Amaro.

CONGRESSO INTERNACIONAL DE TINTAS | EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL DE FORNECEDORES PARA TINTAS

                              8:00 às 17:35                                                                          11:00 às 20:00

Unidade de 9,5 mil metros quadrados é três vezes maior que a estrutura anterior e recebeu tecnologias para verticalizar e ampliar a produção

A Netzsch Equipamentos de Moagem inaugura, na próxima sexta-feira, 17 de julho, a nova unidade fabril própria, construída no Bairro Testo Central, em Pomerode. A planta de 9,5 mil metros quadrados construídos é três vezes maior do que a estrutura anterior e recebeu investimentos de R$ 20 milhões. Com a ampliação da área e a aquisição de novas tecnologias, a empresa, que está comemorando 10 anos e é líder nacional na fabricação de equipamentos para moagem e dispersão, reaglutinou os processos antes terceirizados e aumentou a capacidade produtiva.

Para o diretor geral da Netzsch Moagem, Giuliano Albiero, a implantação das novas instalações em um tempo recorde de 10 meses é uma resposta às previsões duvidosas que rondam a economia brasileira neste ano. “O Grupo Netzsch, da Alemanha, holding à qual estamos ligados, reafirma sua confiança em nosso trabalho e na recuperação do Brasil. Queremos, com este investimento, dizer ao mercado que estamos preparados para a retomada. Com espaço físico maior, tecnologias modernas e conhecimento atualizado, estamos prontos para dar a nossa contribuição ao reaquecimento da economia nacional, com produtividade e qualidade”, afirma.

A nova unidade foi construída em um terreno adquirido pelo Grupo Netzsch na Rua Emílio Marquardt, Bairro Testo Central, a 13 quilômetros do endereço anterior. O principal ganho foi a internalização das atividades, abrigando a produção, o centro administrativo e um amplo laboratório. A estrutura que vinha sendo utilizada já não comportava o crescimento constante da Netzsch Moagem, levando a empresa a descentralizar e terceirizar alguns processos por falta de espaço nos últimos tempos.

“Reaglutinamos a produção, o que nos favorece em termos de flexibilização de prazos e avanço nos controles de qualidade, permitindo manter a excelência reconhecida da Netzsch Moagem na solução das demandas dos clientes. Além disso, agora temos uma estrutura mais adequada para testes e demonstrações de nossas tecnologias”, diz Albiero.

Tecnologias

Para aumentar a competitividade, a Netzsch Moagem adquiriu equipamentos mais adequados à nova planta. Um deles foi a mandrilhadora para usinar peças grandes (até 12 mil quilos), que trouxe mais autonomia aos processos, com redução de custos. Até então, a Netzsch dispunha de um equipamento de menor porte (até cinco mil quilos), e terceirizava as demandas maiores.

Na linha de montagem foram instaladas uma nova cabine de pintura (25 metros quadrados de área e cinco metros de altura) e nova estufa de secagem de grande porte. Com isso, a Netzsch pode fazer internamente as pinturas de tanques ou dispersores maiores. Para completar, as linhas de usinagem e montagem contam com duas pontes rolantes para 10 e 12 toneladas, respectivamente, que representam o dobro da capacidade anterior.

Na divisão de Poliuretano (PU), a ampliação da área permitiu instalar um jato de granalha de aço e uma estufa dedicada (6 metros quadrados) para cura de peças moldadas. Antes, o setor de PU compartilhava a estufa com a montagem e terceirizava o jateamento. Esta unidade foi criada para suprir as demandas internas da Netzsch Moagem quanto a componentes para moinhos, mas fornece também para outras unidades do grupo em todo o mundo, em sistema intercompany.

Laboratórios

Ainda atendendo à unidade de Poliuretano, a Netzsch investiu em novos equipamentos de análises e testes para desenvolvimento de polímeros de engenharia com aplicação industrial. Estas tecnologias estão no novo Centro de Pesquisas e Aplicações (CPA), que agora ocupa uma área de 1.500 metros quadrados e conta com laboratórios dedicados para demonstrações e análises de tecnologias para moagem a seco e a úmido, de alimentos e químicos. O espaço recebeu novos equipamentos e melhorou a estrutura para receber com mais conforto os clientes, oferecendo sala de reuniões com telefone e internet e auditório para realização de seminários, treinamentos e workshops.

Uma das aquisições foi o analisador de partículas Mastersizer 3000, última geração em análises de granulometria por difração a laser de produtos líquidos e em pó, tecnologia da Malvern Instruments, que firmou acordo de cooperação global com a Netzsch. A nova sala de moagem e dispersão do CPA atua como showroom, apresentando as principais tecnologias Netzsch para demonstrações e testes, bem como dimensionamento para elaboração de projetos em escala industrial. Um dos segmentos é o de moagem a seco, onde se destacam os moinhos Condux (impacto), o CSM (classificador) e o CGS (de jatos), todos para aplicação em moagem a fino.

Uma segunda área é dedicada aos equipamentos para processamento de confectionery, que incluem a Chocoeasy CE-50 (massas de chocolate e recheios) e o moinho LME (refino de massas alimentícias). Finalmente, um terceiro foco da moagem e dispersão destaca as tecnologias Max-Shear (dispersão em linha), Zeta (moinho para dispersões pigmentárias e defensivos agrícolas), Mastermix (dispersor), MasterMill (moinho de cesta, específico da indústria de tintas).

Outras novidades são o LabStar, equipamento piloto que pode ser usado com as tecnologias Zeta e LME, para testes em pequenas bateladas, e o Omega, homogeneizador de média e alta pressão, para testes com emulsões, cosméticos e dispersões pigmentares.

Qualidade para os colaboradores

Com aproximadamente 105 colaboradores e expectativa de ampliar o quadro na medida do aumento da produção, a Netzsch criou ambientes mais adequados às atividades profissionais e ao bem-estar nos intervalos intrajornada. Um dos avanços foi o moderno refeitório, que fica dentro da empresa e serve um cardápio de qualidade, com acompanhamento nutricional. Os funcionários também contam com serviço de transporte gratuito temporário, em todos os turnos, para que tenham mais tranquilidade no deslocamento até a empresa.

Diferenciais de sustentabilidade

Na nova planta, a água da chuva é captada, filtrada e bombeada para uso em áreas comuns (limpeza de máquinas, sanitários, rega e limpezas externas). A Netzsch não capta água do rio, mas instalou um sistema de tratamento de toda a água utilizada nas instalações sanitárias e das galerias pluviais, para devolvê-la limpa ao ambiente. Os efluentes do processo industrial não são tratados internamente, mas coletados por empresa certificada e destinados a aterro próprio.

Pensando na otimização do consumo energético, foram usadas telhas translucidas na área industrial, para que em dias de sol as lâmpadas permaneçam apagadas. Além disso, foram adotadas lâmpadas econômicas em todas as instalações.

Impacto positivo

A chegada da Netzsch Moagem ao Testo Central trouxe ganhos para a comunidade, a exemplo da ampliação da rede de energia elétrica para suportar as demandas da fábrica, o que gerou mais segurança e estabilidade no abastecimento aos moradores e outras empresas. Outro avanço foi na recuperação da mata ciliar às margens do Ribeirão Souto, onde a Netzsch replantou uma área de 3.650 metros quadrados com espécies nativas e frutíferas, como compensação pelo impacto da construção. Melhorias também ocorreram nas vias de acesso ao bairro.

Perfil

A Netzsch Moagem é uma das 45 companhias que integram o Grupo Netzsch, sediado em Selb, na Alemanha, e presente em vários continentes. A empresa tem 142 anos de tradição e atua em segmentos diversos, como análise&testes, moagem&dispersão e bombas. Chegou ao Brasil em 1973, por iniciativa do ex-diretor Gerhard Weiser, que recebeu a missão de instalar em Pomerode uma unidade da holding

Em 2005, a unidade brasileira já alcançava um nível de desenvolvimento que justificava sua reorganização, quando ocorreu, então, a individualização das atividades. Assim, a divisão de moagem&dispersão foi convertida oficialmente em uma unidade produtiva independente: a Netzsch Equipamentos de Moagem.

Nestes 10 anos, a empresa tem atuado 100% orientada ao mercado, tornando-se referência em inovação e tecnologia para os principais players nos segmentos de fertilizantes e defensivos, tintas e pigmentos, química, alimentícia, farmacêutica, entre outras. Um dos destaques é a Chocoeasy, tecnologia lançada com exclusividade pela Netzsch Moagem em 2012, como uma solução sob medida para o mercado de chocolates e hoje presente nas maiores indústrias do setor.

Com unidade produtiva em Pomerode e escritórios de vendas e assistência técnica em São Paulo e México, a Netzsch Moagem atende a clientes em toda a América Latina e, pelo modelo intercompany, também às demais companhias da Netzsch em todos os continentes.

 

Aguardamos sua visita dias 13, 14 e 15/outubro/15 na Exposição Internacional de Fornecedores para Tintas - ABRAFATI 2015:

 

Netzsch: Avenidas B/C/8

 

Unidade de 9,5 mil metros quadrados é três vezes maior que a estrutura anterior e recebeu tecnologias para verticalizar e ampliar a produção

A Netzsch Equipamentos de Moagem inaugura, na próxima sexta-feira, 17 de julho, a nova unidade fabril própria, construída no Bairro Testo Central, em Pomerode. A planta de 9,5 mil metros quadrados construídos é três vezes maior do que a estrutura anterior e recebeu investimentos de R$ 20 milhões. Com a ampliação da área e a aquisição de novas tecnologias, a empresa, que está comemorando 10 anos e é líder nacional na fabricação de equipamentos para moagem e dispersão, reaglutinou os processos antes terceirizados e aumentou a capacidade produtiva.

Para o diretor geral da Netzsch Moagem, Giuliano Albiero, a implantação das novas instalações em um tempo recorde de 10 meses é uma resposta às previsões duvidosas que rondam a economia brasileira neste ano. “O Grupo Netzsch, da Alemanha, holding à qual estamos ligados, reafirma sua confiança em nosso trabalho e na recuperação do Brasil. Queremos, com este investimento, dizer ao mercado que estamos preparados para a retomada. Com espaço físico maior, tecnologias modernas e conhecimento atualizado, estamos prontos para dar a nossa contribuição ao reaquecimento da economia nacional, com produtividade e qualidade”, afirma.

A nova unidade foi construída em um terreno adquirido pelo Grupo Netzsch na Rua Emílio Marquardt, Bairro Testo Central, a 13 quilômetros do endereço anterior. O principal ganho foi a internalização das atividades, abrigando a produção, o centro administrativo e um amplo laboratório. A estrutura que vinha sendo utilizada já não comportava o crescimento constante da Netzsch Moagem, levando a empresa a descentralizar e terceirizar alguns processos por falta de espaço nos últimos tempos.

“Reaglutinamos a produção, o que nos favorece em termos de flexibilização de prazos e avanço nos controles de qualidade, permitindo manter a excelência reconhecida da Netzsch Moagem na solução das demandas dos clientes. Além disso, agora temos uma estrutura mais adequada para testes e demonstrações de nossas tecnologias”, diz Albiero.

Tecnologias

Para aumentar a competitividade, a Netzsch Moagem adquiriu equipamentos mais adequados à nova planta. Um deles foi a mandrilhadora para usinar peças grandes (até 12 mil quilos), que trouxe mais autonomia aos processos, com redução de custos. Até então, a Netzsch dispunha de um equipamento de menor porte (até cinco mil quilos), e terceirizava as demandas maiores.

Na linha de montagem foram instaladas uma nova cabine de pintura (25 metros quadrados de área e cinco metros de altura) e nova estufa de secagem de grande porte. Com isso, a Netzsch pode fazer internamente as pinturas de tanques ou dispersores maiores. Para completar, as linhas de usinagem e montagem contam com duas pontes rolantes para 10 e 12 toneladas, respectivamente, que representam o dobro da capacidade anterior.

Na divisão de Poliuretano (PU), a ampliação da área permitiu instalar um jato de granalha de aço e uma estufa dedicada (6 metros quadrados) para cura de peças moldadas. Antes, o setor de PU compartilhava a estufa com a montagem e terceirizava o jateamento. Esta unidade foi criada para suprir as demandas internas da Netzsch Moagem quanto a componentes para moinhos, mas fornece também para outras unidades do grupo em todo o mundo, em sistema intercompany.

Laboratórios

Ainda atendendo à unidade de Poliuretano, a Netzsch investiu em novos equipamentos de análises e testes para desenvolvimento de polímeros de engenharia com aplicação industrial. Estas tecnologias estão no novo Centro de Pesquisas e Aplicações (CPA), que agora ocupa uma área de 1.500 metros quadrados e conta com laboratórios dedicados para demonstrações e análises de tecnologias para moagem a seco e a úmido, de alimentos e químicos. O espaço recebeu novos equipamentos e melhorou a estrutura para receber com mais conforto os clientes, oferecendo sala de reuniões com telefone e internet e auditório para realização de seminários, treinamentos e workshops.

Uma das aquisições foi o analisador de partículas Mastersizer 3000, última geração em análises de granulometria por difração a laser de produtos líquidos e em pó, tecnologia da Malvern Instruments, que firmou acordo de cooperação global com a Netzsch. A nova sala de moagem e dispersão do CPA atua como showroom, apresentando as principais tecnologias Netzsch para demonstrações e testes, bem como dimensionamento para elaboração de projetos em escala industrial. Um dos segmentos é o de moagem a seco, onde se destacam os moinhos Condux (impacto), o CSM (classificador) e o CGS (de jatos), todos para aplicação em moagem a fino.

Uma segunda área é dedicada aos equipamentos para processamento de confectionery, que incluem a Chocoeasy CE-50 (massas de chocolate e recheios) e o moinho LME (refino de massas alimentícias). Finalmente, um terceiro foco da moagem e dispersão destaca as tecnologias Max-Shear (dispersão em linha), Zeta (moinho para dispersões pigmentárias e defensivos agrícolas), Mastermix (dispersor), MasterMill (moinho de cesta, específico da indústria de tintas).

Outras novidades são o LabStar, equipamento piloto que pode ser usado com as tecnologias Zeta e LME, para testes em pequenas bateladas, e o Omega, homogeneizador de média e alta pressão, para testes com emulsões, cosméticos e dispersões pigmentares.

Qualidade para os colaboradores

Com aproximadamente 105 colaboradores e expectativa de ampliar o quadro na medida do aumento da produção, a Netzsch criou ambientes mais adequados às atividades profissionais e ao bem-estar nos intervalos intrajornada. Um dos avanços foi o moderno refeitório, que fica dentro da empresa e serve um cardápio de qualidade, com acompanhamento nutricional. Os funcionários também contam com serviço de transporte gratuito temporário, em todos os turnos, para que tenham mais tranquilidade no deslocamento até a empresa.

Diferenciais de sustentabilidade

Na nova planta, a água da chuva é captada, filtrada e bombeada para uso em áreas comuns (limpeza de máquinas, sanitários, rega e limpezas externas). A Netzsch não capta água do rio, mas instalou um sistema de tratamento de toda a água utilizada nas instalações sanitárias e das galerias pluviais, para devolvê-la limpa ao ambiente. Os efluentes do processo industrial não são tratados internamente, mas coletados por empresa certificada e destinados a aterro próprio.

Pensando na otimização do consumo energético, foram usadas telhas translucidas na área industrial, para que em dias de sol as lâmpadas permaneçam apagadas. Além disso, foram adotadas lâmpadas econômicas em todas as instalações.

Impacto positivo

A chegada da Netzsch Moagem ao Testo Central trouxe ganhos para a comunidade, a exemplo da ampliação da rede de energia elétrica para suportar as demandas da fábrica, o que gerou mais segurança e estabilidade no abastecimento aos moradores e outras empresas. Outro avanço foi na recuperação da mata ciliar às margens do Ribeirão Souto, onde a Netzsch replantou uma área de 3.650 metros quadrados com espécies nativas e frutíferas, como compensação pelo impacto da construção. Melhorias também ocorreram nas vias de acesso ao bairro.

Perfil

A Netzsch Moagem é uma das 45 companhias que integram o Grupo Netzsch, sediado em Selb, na Alemanha, e presente em vários continentes. A empresa tem 142 anos de tradição e atua em segmentos diversos, como análise&testes, moagem&dispersão e bombas. Chegou ao Brasil em 1973, por iniciativa do ex-diretor Gerhard Weiser, que recebeu a missão de instalar em Pomerode uma unidade da holding

Em 2005, a unidade brasileira já alcançava um nível de desenvolvimento que justificava sua reorganização, quando ocorreu, então, a individualização das atividades. Assim, a divisão de moagem&dispersão foi convertida oficialmente em uma unidade produtiva independente: a Netzsch Equipamentos de Moagem.

Nestes 10 anos, a empresa tem atuado 100% orientada ao mercado, tornando-se referência em inovação e tecnologia para os principais players nos segmentos de fertilizantes e defensivos, tintas e pigmentos, química, alimentícia, farmacêutica, entre outras. Um dos destaques é a Chocoeasy, tecnologia lançada com exclusividade pela Netzsch Moagem em 2012, como uma solução sob medida para o mercado de chocolates e hoje presente nas maiores indústrias do setor.

Com unidade produtiva em Pomerode e escritórios de vendas e assistência técnica em São Paulo e México, a Netzsch Moagem atende a clientes em toda a América Latina e, pelo modelo intercompany, também às demais companhias da Netzsch em todos os continentes.

 

Aguardamos sua visita dias 13, 14 e 15/outubro/15 na Exposição Internacional de Fornecedores para Tintas - ABRAFATI 2015:

 

Netzsch: Avenidas B/C/8

 

Mello Faro Turismo

Hospedagem e Transporte aéreo e local – Condições Especiais

Saiba +

auto1  avion hotel 

 

CONGRESSO

 Programa

 

 

 

                                                                                                    

EXPOSIÇÃO

                       Por que Expor?                                          

 

                           

MEDIA PARTNERS E APOIOS

Agnelo
SINAPROCIM
VDL
CRQ
VI
ABCP
QD
SINTIRJ
GRANDES CONSTRUCOES
SINPROQUIM
PCI
AssociquimSincoquim
MRC Completo
ABEACO
PROCOR
SOBRATEMA
AFEACO
IQA
Sabesp-Site
SINDIREPA Nacional
SENAI
ACABAMENTOS INDUSTRIAIS
ABIMAQ
ABIQUIM
RADTECH
ABNT
ANVER
ARTESP
CNI Int Azul
PPCJ
ANAMACO
APCJ
SITIVESP
AFEAL
ABITIM

 

ABRAFATI 2015

Fatos e Números.

Saiba +

 

ABRAFATI

Av. Dr. Cardoso de Mello
1340 - Cj. 131 
Vila Olímpia
CEP 04548-004
São Paulo, SP - BRASIL

Tel: + 55 11 4083-0504 /
4083-0505
e-mail: eventos@abrafati.com.br

 
Receba nossos comunicados digitais:
Nome (*)
entrada invalida
Sobrenome (*)
entrada invalida
Empresa
E-mail (*)
e-mail invalido